Apple manda executivo embora após ele se recusar a pedir desculpas pelo Mapas do novo iOS

Apple manda executivo embora após ele se recusar a pedir desculpas pelo Mapas do novo iOS

Scott Forstall deve deixar a Apple (Fonte da imagem: Reprodução/Wall Street Journal)

Scott Forstall, um dos executivos da Apple que é praticamente “a cara” do sistema operacional móvel da companhia, o iOS, deve deixar a empresa após mais de 15 anos de trabalho. De acordo com o Slashgear, a razão seria a recusa de Forstall em assinar uma carta de desculpas elaborada pela companhia para fazer média com os consumidores após o grande fracasso do sistema de mapas do novo SO.

Além dele, que ocupa (ou ocupava) o cargo de vice-presidente sênior do iOS, outro executivo deve ter a sua saída confirmada: John Browett, que teve apenas 5 meses de Apple e, apesar de ser o substituto natural de Forstall, não se adaptou às filosofias da empresa da Maçã e teria cometido vários erros.

Segundo apurou o Wall Street Journal, Scott Forstall teria se recusado terminantemente a assinar a carta de desculpas uma vez que, segundo ele, a ação de publicá-la seria um grande erro. No final das contas, quem emprestou o seu nome à carta foi o presidente da companhia, Tim Cook.

Essa atitude do executivo teria sido o estopim de sua demissão, visto que ele contaria com vários desafetos dentro da Apple – e a sua saída resolveria grandes problemas de relacionamentos na companhia. Algumas fontes do jornal dizem que era extremamente difícil trabalhar com o diretor – e que Forstall só não havia saído ainda porque seria um protegido de Steve Jobs.

Continuar lendo

Anúncios